Cuidados com seu cartão de crédito

Diversos clientes preferem o cartão de crédito ao quantia e também ao pré-datado em razão da comodidade e também da facilidade que essa opção oferece. Entretanto, é preciso usá-lo com moderação, singularmente em estação de crise e também desemprego, para evitar o endividamento. Veja pequeno número de orientações do Procon-SP para não ser ludibriado ou entrar em uma fria.
+ Fazer cartão de crédito é possível que ser emboscada : veja dicas para não se endividar
O contrato
O cartão de crédito é uma variante de pagamento que possui risca de crédito com limite definido e também posto à ordenação do consumidor. Conforme explica o Procon, o contrato ajustado entre o consumidor e também a administradora do cartão é um contrato de adesão, ou melhor, as cláusulas contratuais já vêm estabelecidas pela administradora do cartão. O Código de Resguardo do Consumidor prevê que essas cláusulas sejam redigidas de modo clara porque o consumidor tenha como compreendê-las facilmente.
Atenção: o consumidor possui o recta de aceder o contrato e também tirar nenhum gênero de incerteza anterior de assiná-lo. O contrato também é possível que ser rescindido, por combinação geral entre as partes, por resolução do consumidor (que deve conversar formalmente à administradora), e também por descumprimento de alguma cláusula contratual.

Essencial : a administradora do cartão deve disponibilizar um telefone para contato, com relação gratuita e também opção de solicitação de informações, reclamações e também solicitado de cancelamento.

Posteriormente a solicitação do cancelamento, a administradora deve tomar todas e cada uma das providências precisas para não seja emitida fatura com cobrança de anuidade ou nenhum gênero de outro serviço associado ao contrato. O comprovante deve ser expedido por correspondência ou eletronicamente, consoante a preferência do consumidor.
Compras
O pagamento com cartão de crédito é possível que ser à vista ( enquanto o quantidade do resultado ou serviço é cobrado somente uma vez, na próxima fatura), ou dividido com duas formas possíveis: financiado pela administradora do cartão, com a cobrança de juros, ou segmentado pela loja, sem juros.

Essencial : o consumidor que optar por parcelar o quantidade da compra deve se informar sobre o gênero de de parcelamento que está sendo oferecido. Primeiro, este deve perguntar se há cobrança de juros. Se houver, este deve questionar que será a taxa de juros cobrada, que vai ser número de todo parcela, e também que vai ser quantidade totalidade que pagará pelo resultado ou serviço, com o parcelamento.